Neoenergia Brasília dá dicas de segurança sobre poda de árvores e outros objetos próximos à rede elétrica

Distribuidora alerta sobre os perigos de se realizar esse trabalho por conta própria e destaca que ação só pode ser feita por técnicos especializados da companhia

poda-arvores.pngA Neoenergia Brasília realiza periodicamente uma série de ações de manutenção preventiva para melhorar a qualidade da distribuição da energia elétrica no Distrito Federal. E o trabalho de poda de árvores próximas à rede é uma das prioridades da distribuidora. Isso porque, ao tocar a fiação, os galhos podem causar um curto-circuito, interromper o fornecimento de energia e, em alguns casos, partir os cabos e provocar acidentes. Só nos seis primeiros meses de 2022, a concessionária realizou 42.804 podas na capital federal, com destaque para Planaltina (5.695) e Jardim Botânico (4.734).

A poda de árvores, quando os galhos estiverem próximos à rede elétrica, só pode ser realizada por técnicos especializados e com técnicas adequadas da companhia”, explica Rosy Menezes, gerente de Saúde e Segurança da Neoenergia Brasília. “Nos outros casos, o serviço deve ser solicitado à Novacap e nunca deve ser feito sem autorização do órgão competente”, finaliza, reforçando que os mesmos cuidados também se aplicam com outros objetos que tocam à rede elétrica, como pipas, calçados, etc.

É importante destacar que o toque de árvores na rede elétrica não representa, necessariamente, um risco para o fornecimento de energia ou para a segurança da população. Para abranger os casos que
podem apresentar riscos, há um mapeamento e um planejamento das ações para ocorrerem as podas.

Em caso de árvore tombada sobre a rede elétrica ou cujos galhos representem riscos para os fios, a Neoenergia Brasília solicita que o cidadão entre em contato com a distribuidora por meio dos canais de atendimento ou pelo 116.

A Neoenergia Brasília dá outras dicas de segurança com relação à poda de árvores. Uma delas é que o plantio deve ser planejado, para impedir, entre outros problemas, que galhos atinjam a rede elétrica, evitando possíveis interrupções no fornecimento de energia.

A distribuidora reforça a importância de se plantar espécies adequadas ao convívio com as redes elétricas e manter os cuidados com a poda para que a árvore não avance sobre as estruturas. Uma das recomendações, por exemplo, é que o plantio não seja realizado a distância inferior a 2,5 metros de equipamentos elétricos, como postes, cabos e transformadores.

ADUBO - Com o objetivo de promover a gestão sustentável dos resíduos triturados nas podas feitas em árvores localizadas próximas à rede elétrica, a Neoenergia Brasília firmou, no mês passado, uma parceria com a Secretaria de Estado de Agricultura, Abastecimento e Desenvolvimento Rural do Distrito Federal (SEAGRI). A ação disponibiliza, gratuitamente, esse material orgânico, rico em substâncias que melhoram a qualidade do solo, à produtores rurais de todo o Distrito Federal.

O projeto estava sendo tocado, de forma piloto, desde o segundo semestre de 2021. No total, 65 produtores rurais foram beneficiados pela parceria e aproximadamente 350 toneladas – uma média de 40 toneladas por mês - de resíduos triturados das podas de árvores foram distribuídos. 

https://www.neoenergiabrasilia.com.br/sala-de-imprensa/noticias/PublishingImages/barras/barra-dicas-seguranca.png