Neoenergia Brasília alerta para segurança na instalação das decorações natalinas


As festividades natalinas estão chegando e, com elas, as decorações que caracterizam o período – lâmpadas coloridas, pisca-pisca, fitas de iluminação e árvores com luzes. Pensando na segurança, prevenção de acidentes e no consumo consciente, a Neoenergia Brasília organizou as orientações abaixo para que a celebração seja acompanhada somente de boas experiências.

“Quando não instaladas e utilizadas de forma correta, essas decorações podem oferecer riscos, uma vez que a maior parte dos acidentes com eletricidade acontece por falta de informação, atenção ou pelo uso indevido de materiais e ferramentas", explica Rosy Menezes, gerente de Segurança da Neoenergia Brasília. “Esses cuidados são importantes também para os possíveis impactos no valor da conta de luz", completa.

 

ORIENTAÇÕES DE SEGURANÇA:

- Revise as instalações elétricas da residência com auxílio de um profissional antes de realizar a montagem da decoração. Isso evita sobrecarga e a possível queima de eletrodomésticos, além de acidentes.

- Observe o estado de conservação de pisca-piscas utilizados em anos anteriores e evite ligar os que estiverem desgastados, com fios desencapados e partes metálicas expostas, pois há risco de choque elétrico.

- Dê preferência a árvores de Natal fabricadas com material resistente ao fogo e aos enfeites natalinos certificados pelo INMETRO. As embalagens dos pisca-piscas devem conter informações como potência, nível de tensão elétrica e instruções de uso.

- Utilize um filtro de linha para ligar mais de uma tomada elétrica da árvore, presépios e outros itens da decoração e evite o uso, mesmo que de forma provisória, dos chamados “T" (benjamins).

- Monte a parte elétrica da decoração longe de materiais com risco inflamável, tais como tecidos de cortinas, papelão, fibras e isopor e afaste os fios de estruturas de metal, pois elas são condutoras de corrente elétrica que podem provocar acidentes.

- Só realize a montagem da decoração natalina com a parte elétrica desligada e evite tocar na fiação ou substituir lâmpadas queimadas com os plugues conectados nas tomadas elétricas.

- Nunca desligue aparelhos elétricos puxando pelo cabo ou fiação. Para desligá-los da tomada, utilize o plugue.

- Não permita que as crianças toquem na decoração natalina quando ela estiver ligada, pois há risco de choque elétrico.

- Nas áreas externas das residências, redobre o cuidado durante a instalação e retirada de pisca-piscas tanto para prevenir choques elétricos e evitar o risco de quedas. Exposta à ação do sol, chuva e do calor, a fiação fica mais vulnerável e a possível presença de água potencializa os riscos de choque elétrico – por isso ela só deve ser montada e retirada com o disjuntor da residência desligado.

- Não instale enfeites natalinos próximo aos postes, fios ou medidores da Neoenergia Pernambuco e não faça ligações clandestinas de energia (o popular “macaco") para acender a decoração externa em ruas. Além de colocar a vida de quem faz e de quem está próximo em risco, o “macaco" é crime, pode provocar a queima de eletrodomésticos e curto circuitos que podem apagar o brilho dos festejos natalinos.

- Em caso de acidente, deligue imediatamente o disjuntor da residência e só depois preste socorro. Ligue para o SAMU (192) e Neoenergia Brasília (116).

 

DICAS DE ECONOMIA:

- Fique de olho no consumo de energia elétrica da decoração natalina e evite deixar a luzes acesas durante ou dia, ao sair de casa ou depois de dormir.

- Observe as informações sobre a potência (W – watts) dos produtos contida nas embalagens. Um conjunto padrão de 100 micro-lâmpadas com 50 W de potência, por exemplo, consome 16,5 kWh/mês se for ligado por 11 horas diárias. Se esse mesmo conjunto for ligado durante 5 horas, das 19h à meia-noite, por exemplo, o consumo diminui para 7,5 kWh/mês.

- Dê preferência às lâmpadas de LED, mais eficientes, brilhantes e com maior durabilidade do que as convencionais. O consciente de consumo de energia elétrica evita desperdícios e reduz o valor na conta de luz.