Neoenergia Brasília contrata os primeiros 45 profissionais formados em sua escola de eletricistas

Em parceria com o Senai e o Governo do Distrito Federal, distribuidora capacitou 19 mulheres e 26 homens para atuar na rede elétrica da capital federal. Profissionais serão contratados para compor o quadro de colaboradores da companhia

 

A solenidade de formatura das duas primeiras turmas da Escola de Eletricistas da Neoenergia Brasília foi realizada, na tarde desta sexta-feira (10), no auditório do Senai Taguatinga. Desde o mês de agosto, 45 novos profissionais, 19 mulheres e 26 homens, participam do curso gratuito de capacitação em redes de distribuição de energia elétrica no Distrito Federal. Após 480 horas de disciplinas teóricas e práticas ministradas em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai/DF), todos os profissionais passam a integrar o quadro próprio de colaboradores da distribuidora.

“Está sendo uma oportunidade única participar dessa formação de eletricista da Neoenergia Brasília em parceria com o Senai. Saber que a gente vai terminar o curso e ter uma oportunidade de trabalho em plena pandemia é único", afirma Ana Paula, formanda da primeira turma da Escola de Eletricistas Neoenergia Brasília.

Além de fomentar a geração de emprego e renda no Distrito Federal, a iniciativa tem como objetivo ampliar as oportunidades de emprego para mulheres, contribuindo, principalmente, para a equidade de gênero no mercado e possibilitando que, depois da formação, os alunos possam integrar o quadro de colaboradores da empresa. “A Neoenergia Brasília acredita que um importante papel social da companhia é fortalecer o mercado de trabalho da cidade, promovendo a equidade de gênero e a ampliação da força de trabalho feminino no mercado. Nós vamos efetivar em sua totalidade a contratação desses eletricistas, mulheres e homens, que estão sendo formados com treinamentos específicos para desenvolver atividades nas redes de distribuição. Com isso, reforçamos nossa equipe especializada para garantirmos uma prestação do serviço de qualidade a população do Distrito Federal", explica Frederico Candian, presidente da Neoenergia Brasília.

“Essa aliança construída pela Neoenergia Brasília, com articulação do Governo do Distrito Federal e o SENAI/DF, dá uma resposta efetiva para o momento que a gente vive, com pandemia e retomada da economia. Há a necessidade da expansão e capacitação de jovens e trabalhadores e, com isso, melhorar a qualidade de operação das nossas instituições", reforça Marco Secco, diretor-regional do SENAI/DF.

A Secretária de Estado da Mulher, Ericka Filippelli, parabenizou a iniciativa da Escola de Eletricistas Neoenergia Brasília. “A escola é mais que um espaço, um curso ou uma vaga. Quando a empresa dá uma oportunidade, principalmente a uma mulher, ela empodera essa pessoa. Se pensarmos que vivemos hoje o fim de uma pandemia, temos aqui mais de 40 pessoas sendo contratadas. Falando principalmente para essas 19 mulheres, qualificadas e contratadas pela empresa, estamos falando da transformação dessas vidas", comemora Ericka.

O Secretário de Estado do Trabalho, Thales Mendes Ferreira, elogia a parceria entre a Neoenergia Brasília e o Governo do Distrito Federal. “A experiência que a companhia traz com a Escola de Eletricistas é um exemplo a se seguir. É uma empresa que tem um grande senso de responsabilidade social e que busca formar seus colaboradores, desenvolvendo, na própria sociedade, a formação e a qualificação profissional, dando oportunidades e selecionando aqueles que melhor se qualificaram para fazer parte do seu quadro de colaboradores", comenta Ferreira.


Próximos formandos - Essas são as duas primeiras turmas de eletricistas formadas pela Escola de Eletricistas Neoenergia Brasília. Mais um grupo concluirá o curso em fevereiro de 2022, quando a companhia formará mais 25 profissionais. No próximo ano está prevista a formação de mais 50 novos eletricistas em duas novas turmas que se iniciam nos meses de janeiro e de junho.

Para a superintendente de Desenvolvimento Organizacional da Neoenergia, Regia Barbosa, esta formação é importante para o Distrito Federal e para os eletricistas formandos que, a partir deste momento, passam a estar inseridos no quadro da empresa. “Nosso objetivo é oferecer a esse público todas as condições possíveis para atuação profissional. É por isso que oferecemos um curso completo e que credencia essas mulheres e homens a ocuparem seus espaços na Neoenergia Brasília, com capacidade e níveis de excelência".


Escola de Eletricistas – A Escola de Eletricistas é realizada pelas distribuidoras do grupo Neoenergia desde 2019 e já capacitou 4.301 alunos nos estados da Bahia, de Pernambuco, do Rio Grande do Norte, de São Paulo e, agora, do Distrito Federal. Desse total, 3.090 profissionais foram contratados pelas empresas do grupo. Em 2019, a Neoenergia promoveu uma iniciativa pioneira ao criar as primeiras turmas exclusivamente para mulheres, a fim de promover a diversidade e a inclusão. Em 2020 estima-se a abertura de mais 19 turmas em todo Brasil.