Neoenergia Brasília oferece agendamento de leitura aos clientes que optarem pelo serviço

​​​

agendamento-de-leitura.png

Com o objetivo de melhorar ainda mais o atendimento aos seus clientes, a Neoenergia Brasília disponibiliza, a partir deste mês de março, o serviço de agendamento de leitura. Agora, a população da capital federal terá a possibilidade de agendar o dia e o período (manhã ou tarde) para a realização da leitura quando esta não ocorrer devido a algum impedimento de acesso. 

Mensalmente, o leiturista visita as residências e comércios para a realização da leitura. Sendo assim, é importante manter sempre o livre acesso até as instalações de medição, evitando que a conta de luz seja faturada pela média, sendo importante ressaltar que a externalização da medição é de responsabilidade do cliente. A reincidência do bloqueio de acesso à leitura pode acarretar na suspensão temporária do fornecimento de energia até a sua regularização. 

Os principais motivos de impedimento da leitura são: portão fechado, animais soltos e que possam representar ameaça ao leiturista, difícil acesso ao medidor ou entrada proibida para o executor do serviço.

Para solicitar o serviço de agendamento de leitura, o cliente deve usar os canais de atendimento da Neoenergia Brasília:

- Relacionamento com clientes, por meio do 116;
- Atendimento presencial nas agências de atendimento no Paranoá, Planaltina, São Sebastião, Taguatinga, Samambaia e Lago Sul e com hora marcada nos postos do Na Hora. 

O agendamento deve ser registrado para o dia da leitura prevista (escolhendo o turno) ou até dois dias após essa data. Não será possível agendar visitas aos sábados, domingos e feriados. A Neoenergia Brasília reforça que trata-se de uma solução paliativa e não definitiva, ou seja, a leitura continuará a ser feita nas datas previstas no Calendário de Leitura. 

A taxa do serviço será de R$ 8,02 para o monofásico, R$ 11,47 para o bifásico, R$ 22,95 para o trifásico e para Consumidores de Alta Tensão: R$ 68,91. 

Esse serviço busca atender a Resolução Normativa 1.000/21 da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) de que as distribuidoras precisam ofertar alternativas ao consumidor, dentre elas, o registro de solicitação de agendamento de leitura.​