Neoenergia Brasília e UnB inauguram usinas solares no campus do Gama

​Iniciativa busca promover a utilização de uma energia limpa e renovável, além de contribuir com a descarbonização e diminuir o valor das faturas de energia elétrica da unidade de ensino​



A Neoenergia Brasília e a Universidade de Brasília inauguraram, nesta quinta-feira (18), duas usinas de geração de energia solar no Campus da UnB localizado no Gama. Os equipamentos foram instalados por meio do Programa de Eficiência Energética da distribuidora, regulado pela Aneel, e têm como finalidade promover a utilização de uma energia limpa e renovável, além de contribuir com a descarbonização e diminuir o valor das faturas de energia elétrica da unidade de ensino. O evento ocorreu às 10h, no próprio Campus e contou com a presença de Ana Mascarenhas, da Neoenergia Brasília, e de representantes da Universidade.

A construção das duas usinas solares recebeu um investimento superior a R$ 1,3 milhão, sendo R$ 780 mil da Neoenergia Brasília e R$ 505 mil da UnB. Juntos, os empreendimentos possuem uma capacidade instalada de 246 kWp. Além das duas usinas solares, a Neoenergia Brasília ainda promoveu a substituição de 3.476 lâmpadas do campus por equipamentos com a tecnologia LED, que possuem uma maior luminosidade, duração e qualidade em relação às que existiam no local.

“A inauguração da usina contribui não apenas com a questão da rentabilidade dos custos da Universidade, mas inaugura, também, o uso de uma fonte renovável de energia limpa na instituição, que é o que nós acreditamos e apostamos enquanto companhia energética", afirmou a gerente de Eficiência Energética da Neoenergia, Ana Mascarenhas.


 

“Toda a vez que venho aqui fico muito emocionada. Vocês - alunos, técnicos e professores - construíram um campus com um quadro de altíssimo nível e sustentável. Estamos mais uma vez comemorando a decisão que a UnB tomou em 2008", disse a reitora da UnB, Márcia Abrahão, em referência à expansão da Universidade à época, com a construção de novos campi.

Com as duas usinas solares e a troca das lâmpadas, a expectativa é que a sejam economizados cerca de 454 MWh/ano, o que representa cerca de R$ 180 mil menos gastos com energia por ano.

OUTROS PROJETOS – Além da usina no Campus do Gama, a Neoenergia Brasília também já finalizou a eficientização do Campus Darcy Ribeiro em 2020 com instalação de Usina Solar de 150 kWp, 4545 lâmpadas e 211 aparelhos de ar condicionado e investimentos de 2 milhões de reais. Está também em processo final de eficientização o Campus de Ceilândia, com investimentos e benefícios similares ao do Campus do Gama, tem previsão de ser inaugurado ainda em dezembro de 2021.