Saldão Baixa Renda dá prazo até quinta-feira (13) para clientes aproveitarem vantagens especiais de negociação


Neoenergia Brasília oferece descontos que podem chegar a 36%, isenção da cobrança de juros e multas, além de parcelamento em até 18 vezes


Termina, na próxima quinta-feira (13), o Saldão Baixa Renda da Neoenergia Brasília. A ação oferece condições especiais de negociação de dívidas para clientes beneficiados com a Tarifa Social de Energia Elétrica (TSEE). É possível aproveitar descontos que podem chegar a 36% para negociação de dívidas pagas à vista ou parceladas em até 18 vezes, com a isenção da cobrança de juros, multas e encargos como Índice Geral de Preços ao Mercado (IGP-M) e Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

​Para usufruir dos benefícios, o cliente pode procurar uma das seis lojas de atendimento presencial – Lago Sul, Samambaia, Taguatinga, Paranoá, Planaltina e São Sebastião. Outra possibilidade é visitar uma das três lojas de atendimento móvel, que, a cada semana, oferecem atendimento presencial em uma nova cidade. A empresa também está presente em uma das sete unidades de atendimento do Na Hora. Isso sem falar na nossa central de teleatendimento por meio do 116 e o Portal de Negociação da concessionária no site (neoenergiabrasília.com.br). A adesão às condições especiais ocorrerá mediante pagamento da entrada, que corresponderá a 6% da dívida negociada.

Formas de negociação – O Portal de Negociação da Neoenergia Brasília oferece uma série de vantagens no pagamento de faturas, tais como quitação à vista, pagamento integral no débito com o cartão virtual (Auxílio Emergencial) ou parcelamento em até 18 vezes no cartão de crédito.

Para utilizar os serviços do portal e ter acesso às opções de negociação, é necessário realizar um cadastro informando o CPF e a conta contrato do cliente. Depois desse primeiro passo, é possível visualizar o débito e as condições de pagamento disponíveis.

O que é Tarifa Social – A Tarifa Social de Energia Elétrica (TSEE) é um benefício que concede descontos de até 65% na conta de luz aos clientes classificados com baixa renda. Para ter direito, a unidade consumidora residencial precisa ter a família inscrita no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal.

É necessário possuir o Número de Identificação Social (NIS) e ter renda familiar mensal, por pessoa, menor ou igual a meio salário-mínimo nacional, independentemente de possuir ou não o benefício do Bolsa Família. 

Desde 2020, o Grupo Neoenergia passou a adotar uma estratégia inovadora e realiza o cadastro de forma proativa, aumentando a base de clientes inscritos na Tarifa Social em quase 300%. Para aqueles que ainda não possuem o benefício, é possível conferir os requisitos e documentações no site da distribuidora e solicitar o cadastro tanto por meio da agência virtual quanto pelo Whatsapp da concessionária.

Os dados serão confirmados no banco de dados do Governo Federal e, depois, o prazo para o credenciamento no programa é de cinco dias úteis, com o início do benefício na fatura seguinte.