Subestação Ceilândia Norte recebe tecnologia que previne desligamentos de energia


subestacao.jpeg

A Neoenergia Brasília concluiu uma obra de modernização da Subestação Ceilândia Norte, beneficiando mais de 265 mil pessoas que residem e trabalham na região. A empresa investiu mais de R$ 1 milhão e instalou 16 novos equipamentos de proteção automatizados nas redes de distribuição da subestação, que melhoram o desempenho operacional e asseguram a continuidade do fornecimento de energia. Na prática, em caso de um defeito em algum circuito, a tecnologia permite que a subestação permaneça em operação, reduzindo o impacto da ocorrência. O sistema é supervisionado em tempo real pelo Centro de Operações Integradas (COI), que pode realizar manobras remotamente, restabelecendo o fornecimento de áreas sem a necessidade do deslocamento de equipes.

”Essa ação de modernização tem foco direto na qualidade do fornecimento de energia e, sobretudo, na satisfação dos nossos clientes. A tecnologia que a Subestação Ceilândia Norte está recebendo será ampliada gradativamente para outras unidades. Estamos trabalhando diariamente para que cada vez mais consumidores do Distrito Federal tenham uma energia contínua e confiável”, comenta o diretor-superintendente Técnico da Neoenergia Brasília, Antonio Carlos Queiroz. “Uma série de ações já executadas na cidade já trazem uma melhoria de 10% dos índices de continuidade da Região Administrativa e, com essa entrega, confiamos que a melhoria será ainda maior” conclui.

O investimento faz parte do plano de modernização da infraestrutura elétrica do Distrito Federal, prometido no início da operação. “Até o momento, já investimos mais de R$ 130 milhões no Distrito Federal. Esses investimentos reforçam o compromisso da Neoenergia Brasília com o bem-estar da população, deixando o sistema elétrico da região mais preparado para atender as necessidades da comunidade”, afirma o diretor-presidente da Neoenergia Brasília, Frederico Candian.